TOP 7 Dicas Para Cabelos Oleosos Na Raiz E Secos Nas Pontas: Aprenda!


Veja dicas e truques para cuidar de um cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas!

Cabelos oleosos são cabelos em que o couro cabeludo produz uma quantidade excessiva de óleo, deixando todo o cabelo com um aspecto molhado e grudado. Já os cabelos secos são grandes conhecidos principalmente entre quem faz muita química. São conhecidos por sua aparência pouco saudável e muito arrepiada.

Cachos com oleosidade nas pontas e raiz controlada
Lisos

Mas o que acontece quando o cabelo une essas duas características? Saiba que ele existe e tem nome e sobrenome: o cabelo misto ou cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas. Lidar com fios que seguem essas características não é fácil, porque basta um deslize para que o visual vá pelo ralo. Para te ajudar nessa tarefa, veja 7 dicas imperdíveis sobre o que fazer e como cuidar desse tipo de cabelo:

  1. Dividir a lavagem
  2. Acertar a temperatura do chuveiro
  3. Hidratar sempre os fios
  4. Atenção as químicas
  5. Consultar-se com um médico
  6. Não extirpar a oleosidade
  7. Cortar os cabelos
Cabelos mistos, como tratar seus problemas?
Sugestões de shampoo para cabelo misto
Linha de shampoos para cabelo misto Garnier e outros

Divida a lavagem em duas partes

Um cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas é um cabelo misto e por isso mesmo ele precisa de atuações específicas para cada parte. Com isso, não adianta despejar um monte de xampu no cabelo, massagear e achar que está tudo certo.

Se o seu xampu for hidratante, a raiz fica ainda mais oleosa. Se ele for um xampu para cabelos oleosos, as pontas ficam ainda mais secas. O que fazer, então? Simples: massageie xampu para cabelos oleosos na raiz e passe só um pouco de xampu hidratante nas pontas.

Quanto ao condicionador e às mascaras hidratantes, esses produtos devem ser aplicados exclusivamente nas pontas.

Saiba lavar seus cabelos – lavar todo dia é problema?

Acerte na temperatura da água

A temperatura adequada da lavagem também é importante, já que ela pode ser responsável por abrir ou fechar cutículas. No geral, a água fria mantém as cutículas fechadas, mas pode estimular a produção de mais oleosidade para o couro cabeludo. Por outro lado, a água quente pode deixar o cabelo ainda mais seco.

Por isso, o recomendado mesmo é usar água morna. Se a água estiver em temperatura relativamente ambiente, o cabelo não vai sofrer tanto. Se tiver a possibilidade, vale a pena enxaguar o couro cabeludo e o comprimento dos fios com temperaturas diferentes.

Adeque a temperatura da água para não estragar seus fios

Não abra mão da hidratação

Não é porque você tem cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas que a oleosidade acumulada vai “descer” e se espalhar pelos fios, garantindo hidratação. Na verdade, a oleosidade fica concentrada até demais e é exatamente isso que faz com que os fios ganhem uma aparência tão ressecada.

Dessa forma, nem pense em esquecer ou abrir mão da hidratação! Seus cabelos continuam precisando de hidratação e nutrição ainda que seja da raiz para baixo. Nesse caso, o ideal é que você use máscaras e produtos somente da metade do cabelo para baixo de modo a permitir que seus fios fiquem com uma aparência bonita e uniforme.

Hidratação dos fios é extremamente importante

Tome ainda mais cuidado com as químicas

Ter cuidado com químicas nos cabelos já é importante em qualquer situação, mas com o cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas é praticamente uma questão de sobrevivência – ao menos da estética do seu cabelo.

Dependendo do tipo de química, é possível que seu cabelo se torne ainda mais seco e possivelmente com pontas irrecuperáveis. O que pouca gente sabe é que uma química também pode deixar a sua raiz mais oleosa.

Não é raro acontecer de uma escova progressiva deixar os fios ainda mais oleosos nessa região, potencializando os defeitos desse tipo de cabelo misto. Por isso, pense bem antes de fazer uma química tendo esse tipo de cabelo.

Cuidado com o excesso de química no cabelo

Consulte um dermatologista

O cabelo misto normalmente tem causas genéticas – ou seja, sua mãe e/ou seu pai têm esse tipo de cabelo ou possuem genes que deram origem aos seus fios dessa maneira. Em outros casos, entretanto, pode se tratar de um problema com o seu corpo.

A oleosidade produzida em excesso pode significar algum desregulamento do organismo, assim como os fios extremamente secos podem indicar deficiências de vitaminas e nutrientes. Para tirar a dúvida, o melhor a fazer é ir a um dermatologista.

Esse profissional vai examinar a saúde do seu couro cabeludo, vai realizar alguns exames e identificar se existe alguma causa específica para seu problema. Se houver sinais de problemas hormonais ou outras questões, você recebe o encaminhamento adequado e poderá ter fios mais normais.

A medicina ajuda no tratamento capilar

Evite retirar a oleosidade em excesso

Pode parecer simples: se você tem um cabelo dessa forma, basta você tirar o máximo de oleosidade possível e cuidar bem das pontas, certo? Mas não é bem por aí. A verdade é que se você retira a oleosidade em excesso, o resultado é que o corpo produz mais oleosidade em resposta para garantir a proteção dos fios.

Por isso, se você investir demais em produtos como talco e shampoo seco corre o risco de deixar seu cabelo ainda mais oleoso na raiz, o que vai te dar ainda mais trabalho para corrigir. Assim, é preciso ir com calma, tratando aos poucos para contornar essa situação da maneira certa.

Se você tirar todo o óleo do seu cabelo ele vira uma palha

Faça as pazes com a tesoura

Em qualquer cabelo, pontas muito secas e totalmente danificadas não são recuperáveis. Em um cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas, as chances de isso acontecer são bem maiores. Por isso, se você quiser ter um cabelo bem bonito de verdade vai precisar fazer as pazes com a tesoura.

O recomendado é cortar os cabelos de 3 em 3 meses, mas toda vez que você notar que as pontas estão enfraquecidas ou um pouco “destruídas” é hora de agir novamente e cortar essa parte dos fios.

Além de isso gerar um aspecto melhor, seu cabelo fica saudável e fica mais fácil cuidar dele – afinal, você dará atenção para partes que efetivamente podem ser recuperadas com tratamentos diversos.

Corte o cabelo de vez em quando

Pra finalizar, olha esse tutorial em vídeo passo-a-passo com dicas para cabelos cabelos oleosos na raiz e pontas secas:

O cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas traz muitos problemas para quem quer ter cabelos lindos, homogêneos e com aspecto saudável. Se você cuidar com equilíbrio, o resultado é um cabelo dos sonhos, mas se você derrapar nos cuidados os defeitos ficam potencializados.

Lisos normais, nem muito seco nem muito oleoso
Cachos com pouca oleosidade
Coloridos nem secos nem oleoso

Por isso, vale a pena seguir essas orientações para garantir que seus fios fiquem bonitos como nunca! Gostou das dicas? Comente e compartilhe nas redes sociais!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)