Chapinha estraga os cabelos? Descubra! Dicas, Vídeo!


Descubra se chapinha estraga o cabelo e tire suas dúvidas!

dicas sobre usar a chapinha diariamente
Será que usar chapinha todo dia estraga o cabelo?

A chapinha é um dos itens mais adorados por quem ama cuidar dos cabelos. Com algumas passadas, ela fornece um cabelo liso que, dependendo da técnica, pode durar por horas. Apesar disso, sempre surge a dúvida se esse acessório de beleza é ou não maléfico para os cabelos e tem ou não o potencial de estragar os fios. Com medo, muitas mulheres querem saber se a chapinha estraga o cabelo ou não no final das contas. É o seu caso? Então confira a resposta logo a seguir.

forma passo-a-passo de usar prancha
Como usar chapinha

Afinal, a prancha danifica ou não os fios?

A grande pergunta acerca da chapinha é se ela é ou não capaz de estragar o cabelo e a verdade é que a responde também não é tão definitiva quanto se espera. Para essa pergunta, o melhor a responder é: “Depende”.

Dependendo de como você usa a chapinha ou da frequência com que você usa, ela pode, sim, estragar o seu cabelo.

Isso porque a chapinha é composta por uma placa metálica de altíssima temperatura. Os fios, por sua vez, são mais sensíveis especialmente individualmente, então o que acontece é que existe um risco de queimar os fios, seja masculino, feminino, cacheado, ou loiro, com luzes, não importa.

chapinha pode danificar os fios
Chapinha estraga o cabelo

Além disso, o uso incorreto da chapinha pode agravar uma situação de cabelo previamente estragado, como pela química.

Quais os efeitos de quando a chapinha estraga os fios?

Se acontecer de a chapinha estragar o cabelo, o resultado é que os fios ficam com aparência ressecada e queimada. Normalmente, são as pontas que mais sofrem e ficam com aparência arrepiada e mal cuidada.

Dependendo da gravidade, a chapinha pode estragar os fios a ponto de cortar parte deles e causar um visual bem desagradável para quem quer ter cabelos sempre lindos e saudáveis.

chapinha alisa muito bem
Chapinha é alisador mais famoso do mundo

Como evitar o dano aos cabelos?

Felizmente, há formas de fazer com que a chapinha sirva apenas para criar um efeito liso nos cabelos, sem estragá-los — ao menos, tanto quanto possível. Dentre as recomendações estão:

  • Não usar no cabelo molhado
  • Utilizar uma de boa marca
  • Escolher a temperatura certa
  • Não se esquecer do termoprotetor
  • Evitar uso diário
  • Atentar-se para outros tratamentos químicos

Acompanhe esse vídeo tutorial passo-a-passo ensinando como fazer para usar a chapinha sem estragar o cabelo:

Não faça com o cabelo molhado

Um erro muito comum entre quem usa esse acessório é o de estar com o cabelo molhado na hora em que a chapinha vai ser usada. Por mais que o fabricante afirme que não há problemas em fazer isso, é muito importante que você esteja co os cabelos completamente secos na hora de alisar os fios.

Isso porque se você estiver com os cabelos molhados, além de correr um raro risco de sofrer uma eletrocussão, ainda pode fazer com que seus cabelos “fritem” na parte metálica devido à sua alta temperatura. Por isso, nada de pular etapas: seque o cabelo e só aí passe a chapinha.

chapinha de fios molhados
Jamais faça chapinha de cabelo molhado

Escolha uma de boa qualidade

Pode ser tentador escolher aquela chapinha barata que parece falsificada e que não tem nota fiscal, mas se você fizer isso estará expondo os seus fios ao risco de serem danificados. Isso porque ao comprar uma chapinha de baixa qualidade você não vai ter controle — ou, no mínimo, certeza — sobre a temperatura, assim como também não tem como saber sobre a qualidade da placa em si.

Em geral, chapinhas de boa qualidade possuem placas de titânio ou cerâmica e que ainda contam com outras propriedades como a liberação de íons para a impedir o efeito armado no cabelo. Por isso, mesmo que isso signifique pagar um pouco mais vale a pena comprar uma chapinha de boa qualidade.

chapinha marca boa e importada
Opte por chapinhas de qualidade

Use a temperatura ideal

Quanto mais quente a chapinha estiver, melhor? Não é bem assim.

Na verdade, a temperatura vai depender do seu tipo e da condição do seu cabelo. Cabelos mais grossos e mais resistentes aceitam uma temperatura maior, em torno de 230 a 250°C. Enquanto isso, cabelos mais finos, sensíveis ou danificados precisam ficar numa faixa de temperatura bem mais baixa de modo a evitar ainda mais fragilização. Por isso, é muito importante tomar esse cuidado de modo a garantir que o cabelo não saia prejudicado do uso desse acessório.

chapinha na temperatura adequada
Utilize na temperatura certa

Não se esqueça do termoprotetor

O termoprotetor é um produto que é aplicado nos cabelos antes do uso do secador ou da chapinha. Ele serve, basicamente, para criar uma camada de proteção aos fios, impedindo que o calor atue diretamente sobre a superfície do cabelo.

Embora ele não contenha ou elimine absolutamente todos os danos, esse produto é capaz de diminuir sensivelmente os riscos de o seu cabelo sair queimado. Por isso, agora você já sabe: antes de qualquer uso da chapinha, aplique sempre o termoprotetor!

termoprotetores de qualidade
Termoprotetores bons e baratos

Evite fazer todos os dias

Por mais que você tome todos os cuidados possíveis, ainda assim a chapinha é uma placa metálica ou de cerâmica muito quente em contato direto com o seu cabelo. Por menor que seja, o dano ainda existe. Se você usa a chapinha todos os dias, os danos vão se acumulando e mais rapidamente o fio parece estragado.

Por isso, evite fazer chapinha todos os dias, já que isso pode estragar o cabelo mais rapidamente. Evite, principalmente, fazer a chapinha várias vezes ao dia, como ao corrigir a franja o tempo todo, por exemplo.

alternativa de uso da chapinha todo dia
Faça ondas com a chapinha de vez em quando ao invés de todo dia

Tenha cuidado com químicas prévias

Se você pinta o cabelo ou faz escova progressiva, é melhor ter cuidado antes de usar a chapinha. Esses processos já causam agressões aos fios e a chapinha vai apenas adicionar mais um dano aos seus fios.

Dependendo do estado em que eles estiverem, esse novo dano pode ser a gota d’água e fazer com que o seu fio não suporte mais. Por isso, é melhor fazer uma avaliação bem cuidadosa e se o fio estiver poroso ou quebrado na raiz, é melhor deixar a chapinha para quando o cabelo estiver mais saudável.

Na eterna dúvida se chapinha estraga o cabelo ou não, a verdade é que ela tem, sim, potencial de estragar os fios — e efetivamente o faz em alguns casos. Apesar disso, é possível evitar que uma situação como essa aconteça se todos os cuidados prévios forem tomados. No final, você poderá alisar seus cabelos sem se preocupar com qualquer aparência danificada.

evite usar prancha e quimica
Chapinha e química são uma combinação que deve ser evitada

Gostou das dicas? Conhece alguma outra? Comente!

4 Comments

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)