Couro Cabeludo Ressecado: Como Tratar, O Que Fazer, Dicas!


Saiba como tratar o couro cabeludo ressecado!

o que faço de tratamento para couro cabeludo com ressecamento
O que fazer e como tratar couro cabeludo ressecado

Basta uma visita à farmácia para perceber que o mercado de produtos capilares vem crescendo exponencialmente. Há diversas opções de shampoo, condicionador, creme de hidratação, finalizadores e outros produtos que prometem fios incríveis e dignos de tratamento de salão sem sair de casa.

Mas muitas pessoas acabam comprando produtos para os fios sem verificar as necessidades do couro cabeludo. É normal focar em produtos para o comprimento e pontas, deixando a parte de cima em segundo plano.

Porém, para que o cabelo cresça bonito e forte é essencial que o couro cabeludo esteja saudável. O problema mais comum que acomete a região é a oleosidade, que pode levar à caspa. Mas o couro cabeludo ressecado é outro problema que tira o sono de muita gente.

A seguir você vai saber tudo sobre o problema: como tratar e como evitar.

A importância do couro cabeludo saudável

O couro cabeludo é formado por uma fina camada de pele repleta de poros, por onde os cabelos nascem. Na região há uma produção natural de sebo, responsável por proteger a área.

Esse sebo é o que dá oleosidade à raiz e quando a produção dessa substância está irregular, o couro cabeludo pode desenvolver oleosidade excessiva ou apresentar ressecamento.

Em ambos os casos é necessário investigar o as causas, já que o local precisa estar saudável para dar origem a fios também saudáveis.

Quando os poros ficam obstruídos por resíduos de poluição, produtos capilares e pele morta, os fios não conseguem absorver nutrientes essenciais para seu crescimento. Esse entupimento também pode causar queda de cabelo.

Por isso, o couro cabeludo deve estar sempre limpo e livre de impurezas que podem levar ao aparecimento da caspa.

como ter couro cabeludo saudavel
Saudável

O que fazer quando isso ocorrer?

O couro cabeludo ressecado é um problema que atinge grande parcela da população, mas acaba sendo ignorado por muitas vezes ficar escondido. No caso da oleosidade, os fios ficam com aspecto sujo e logo se nota que é preciso tratar a raiz.

Quando a região está ressecada, os sintomas são menos aparentes e, em alguns casos, podem ser confundidos com a caspa. O ressecamento no couro cabeludo deixa a região com sensação de repuxamento, levando ao incômodo.

Além disso, a região pode apresentar descamação, ou seja, a região começa a descascar, soltando pele que acaba se alojando ao longo do fio. Outros sintomas incluem coceira, irritação, vermelhidão e ardência.

Esse problema acaba enfraquecendo a base do fio, que cresce de maneira lenta e tem sua estrutura fragilizada. Com isso, o cabelo começa a quebrar e a queda capilar é acentuada. Os fios também tendem a ficar com aspecto ressecado, assim como a raiz.

couro cabeludo com caspa
Com caspa
couro cabeludo com ressecamento e descamado
Couro cabeludo ressecado e descamando

Causas

Mas o que causa o couro cabeludo ressecado? Na maioria das vezes, esse problema é genético e está presente em quem tem a pele seca.

O ressecamento também pode ser causado por fatores externos como o uso excessivo de secador na região do couro cabeludo, banho muito quente e anormalidade na produção de sebo, que pode ser causada por remédios, como o Roacutan, e shampoos impróprios.

O banho muito quente é o inimigo número 1 de quem sofre com o ressecamento já que a temperatura elevada da água resseca ainda mais o couro cabeludo, além de abrir as cutículas capilares. Todo esse ressecamento pode gerar muita coceira e deixar também o couro cabeludo dolorido.

Já a produção anormal de sebo não dá a oleosidade necessária ao couro cabeludo, deixando a região desprotegida. Esse problema pode ser causado por fatores hormonais ou estresse.

O couro cabeludo ressecado também pode ser causado pelo uso do shampoo e condicionador errado e até mesmo pela aplicação inadequada. O acúmulo de produtos como finalizadores podem contribuir para o ressecamento.

couro cabeludo perdendo fios
Com queda de cabelo
couro cabeludo com descamaçao
Descamando

Tratamento

Se você sofre com o ressecamento saiba que existe tratamento para esse problema. É essencial procurar um médico para saber quais medidas devem ser tomadas, já que em alguns casos se faz necessário o uso de medicamentos para controlar o problema.

Apenas um médico vai poder analisar o estado do seu couro cabeludo e através de exames diagnosticar o que está errado e como resolver.

Quando a pele do corpo é seca, o couro cabeludo tende a ser ressecado. Nesses casos é importante hidratar a região com máscaras e cremes de hidratação quinzenalmente. Também podem ser usados produtos específicos para a região afetada de uso tópico.

O shampoo deve ter ação hidratante e você deve fugir dos produtos de limpeza profunda, que ressecam ainda mais a região. Ao contrário do que é normalmente dito, nos casos de raiz ressecada, o condicionador deve ser aplicado também na região e não somente no comprimento e pontas.

Água quente nem pensar, pois a água do banho deve ser no máximo morna e de preferência fria. O cabelo deve ser lavado no máximo duas vezes por semana, para evitar que a oleosidade natural seja removida pela água.

Também é importante beber bastante água diariamente – no mínimo 2 litros –, isso vai auxiliar o seu corpo a se manter hidratado. Com isso, seu cabelo e pele vão ficar com aspecto mais bonito.

Veja esse vídeo tutorial passo-a-passo de tratamento para couro cabeludo ressecado com glicerina:

Olha também esse vídeo tutorial passo-a-passo ensinando a tratar o ressecamento e a descamação depois de progressiva e outras químicas:

Como evitar

Para evitar que o ressecamento se torne um problema para você é essencial saber como evitá-lo. Além de utilizar produtos adequados ao seu tipo de cabelo, evitar água quente e lavar os fios apenas a quantidade necessária de vezes, é preciso seguir algumas dicas.

  1. Faça hidratação quinzenalmente com um creme de hidratação adequado para as necessidades do seu cabelo. Evite lavar os fios com as unhas, isso pode machucar o couro cabeludo. Na hora de aplicar o shampoo, é necessário massagear a região com a ponta dos dedos suavemente.
  2. Não use secador muito quente e nem muito perto do couro cabeludo, preferindo manter uma distância segura e com o ar no morno. Não se esqueça de aplicar um protetor térmico nos fios para protegê-los do calor.
  3. Ao usar produtos como mousse, pomada ou outros finalizadores, é essencial higienizar os fios corretamente. Esse passo deve ser feito para evitar o acúmulo de resíduos no couro cabeludo que podem levar ao ressecamento.
  4. Fique atenta à saúde do seu couro cabeludo: analise diariamente se não há descamação, vermelhidão ou até mesmo feridas. Caso note algum problema não deixe de procurar um médico.

O couro cabeludo ressecado pode afetar a beleza dos fios tornando o cabelo elástico e quebradiço. Ao saber como tratar e evitar, você vai saber como lidar com esse problema e ter o cabelo saudável da raiz às pontas.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)