12 Efeitos da Finasterida: Pra que serve, Como usar, Fotos!


A Finasterida é uma droga que é utilizada há mais de 15 anos para combater a calvície. Ele é um medicamento de baixo custo, e que pode ser comprado sem receita médica nas farmácias. A Finasterida é bem utilizada principalmente pelos homens, como uma forma de lidar com a calvície sem precisar aderir ao transplante no futuro.

conheca os efeitos da finasterida
Efeitos da Finasterida – conheça alguns

Uma curiosidade sobre este medicamento, é que assim como o Viagra, ele foi usado inicialmente para outra finalidade. Ele foi criado para ser usado como tratamento do câncer de próstata. Mas quando os pacientes foram submetidos aos primeiros testes com a Finasterida, foi relatado um curioso aumento no volume dos cabelos.

A partir daí, o remédio passou por diversos estudos e pesquisas, até ser usado contra a queda de cabelos. Durante a década de 70, o laboratório britânico Merck, patenteou o medicamento e posteriormente foi o primeiro órgão a fabricar a droga na forma de comprimidos.

Aqui no Brasil, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), existem cinquenta laboratórios que possuem licença para comercializar a Finasterida. Em alguns laboratórios o medicamento é feito em duas versões, a versão de 5 mg feito para o tratamento de câncer de próstata e a de 1 mg para o tratamento da calvície.

Para que serve e como funciona?

A Finasterida consegue combater a calvície porque pode inibir a enzima que converte a testosterona em hidrotestosterona (DHT), que é o hormônio responsável por formar a calvície masculina. O DHT provoca a miniaturização dos folículos capilares, que é o que gera a queda dos cabelos.

Com o medicamento, os níveis de DHT são reduzidos no organismo. Mas, sem ter um impacto significativo na testosterona no corpo dos homens que tomam a droga. O que acontece com o homem depois do medicamento, é que a atrofia gerada pelo hormônio é congelada e a queda dos fios para.

Para que a calvície seja combatida, a dosagem da Finasterida tem que ser de 1 mg por dia, no caso um comprimido diariamente. Aparentemente não existem restrições de horários para tomar o remédio. A única coisa que os médicos recomendam é fazer de tempos em tempos alguns exames de controle para saber se todas as taxas estão ok, o que vai ajudar a acompanhar se a atividade metabólica do homem está equilibrada e sem nenhuma diferença que precise ser avaliada. A bula da Finasterida diz que a droga pode aumentar o volume dos fios, além de prevenir a queda dos cabelos já existentes.

Em alguns casos o medicamento apenas preserva os fios. Em outros, pode conseguir engrossar os cabelos que estão enfraquecidos. O que pode resultar no aumento do volume de cabelo em algumas áreas do couro cabeludo. Isso vai depender somente do organismo de cada paciente.

cabe ao usuario decidir
Finasterida funciona, mas possui colaterais
finasterida
Depois e antes, resolve mesmo
usado por muito tempo
Depois e antes to tratamento
resultados fabulosos
Depois e antes, nota-se que os cabelos engrossaram
os cabelos com finasterida
Depois e antes, o cabelo deixa de cair e fica com mais volume

Os 12 efeitos colaterais da finasterida

Falamos até agora sobre os prós que a droga tem. Mas, provavelmente você já deve ter escutado relatos de efeitos colaterais da Finasterida.

Existem alguns usuários que dão depoimentos de consequências ruins sobre o medicamento. Isso acontece porque o remédio bloqueia até 70% da produção do hormônio DHT, o que pode causar efeitos indesejados.

Isso porque causa desregulamento hormonal. Esses efeitos podem perdurar mesmo após a interrupção do uso. Quando os sintomas são identificados, em grande parte dos casos há a persistência deles. Para você ficar ligado no assunto, conheça agora os efeitos colaterais da Finasterida:

  1. Impotência sexual;
  2. Perda de sensibilidade;
  3. Infertilidade;
  4. Perda de memória;
  5. Depressão;
  6. Perda muscular;
  7. Redução da próstata;
  8. Diminuição do tamanho do pênis ereto;
  9. Atrofia e dor nos testículos;
  10. Ginecomastia (que é o crescimento anormal das mamas);
  11. Diminuição do volume ejaculatório;
  12. Dificuldade cognitivas (que é a dificuldade de compreensão, no processamento de informações e na resolução de problemas).
problemas da finasterida
Ginecomastia grave
problemas hormonias
Ginecomastia na mama esquerda

“Síndrome pós-finasterida”

O DHT é essencial para a manutenção da saúde do pênis e da próstata, e portanto, tem sua importância para o homem adulto. Por isso, os efeitos colaterais dessa droga podem ser significativos e perdurarem por muito tempo, mesmo com a interrupção do tratamento.

Mesmo depois que o homem para de tomar o medicamento, os efeitos continuam. Isso porque, a Finasterida bloqueia a ponte de ligação da testosterona e o DHT. Além de diminuir a produção do segundo hormônio, como já foi citado.

Essas ligações destruídas podem ser irreversíveis, ou não vão conseguir ser regeneradas como devem ser. E essas interrupções são o que causam os efeitos negativos. Afetando o emocional e o apetite sexual dos homens, tudo por causa da droga.

Impotência sexual

A maioria dos homens que se queixaram de efeitos colaterais depois de tomar continuamente a Finasterida, foram confirmados com problemas com relação ao desempenho sexual. A redução do hormônio DHT e da ligação da testosterona, afeta diretamente o potencial sexual do indivíduo. Além de diminuir também a libido.

Mas, existem casos mais graves, que desenvolvem problemas neurológicos, físicos e cognitivos. O que contribui para a impotência sexual, além de outros problemas sérios. Mesmo depois da suspensão da droga.

finasterida pode causar impotencia
O temor da impotência sexual
o que fazer quando impotente
Finasterida e impotência estão relacionados

Dados e estatísticas

Já existem vários estudos que comprovam esses efeitos negativos do medicamento. Tanto é que as reações são dispostas na própria bula do remédio. E já existem dados e estatísticas sobre os efeitos colaterais.

Os estudos mostram que a cada 100 pessoas que usam a Finasterida, entre 1 e 18 homens podem apresentar os sintomas de impotência sexual, alteração na fertilidade e diminuição na libido. Já desses 100, entre 1 e 3 homens podem ter a quantidade de espermas diminuída consideravelmente.

Analisando a mesma quantidade de pessoas, dois homens apresentam o crescimento das mamas e desconforto na região dos testículos. Quando a finasterida é usada por mulheres a porcentagem delas que terão problemas com a amamentação será a mesma.

Quem faz o uso longo da Finasterida pode apresentar também problemas no fígado. Por isso os médicos que acompanham os pacientes que tomam o medicamento pedem a cada seis meses exames indicativos da saúde do fígado para avaliar o seu estado.

Como você pode ver, esta droga pode prejudicar o usuário em alguns aspectos. Se você está querendo aderir ao medicamento, agora que você já conhece os efeitos colaterais da Finasterida, fique de olho nos efeitos colaterais que podem aparecer no começo do tratamento. Caso eles apareçam suspenda imediatamente o uso.

Antes de qualquer coisa mantenha sempre um acompanhamento médico. Esperamos que o post tenha sido esclarecedor!

Obs.: Se você quer fazer seu cabelo crescer rápido, antes de usar algum remedinho, veja nosso infográfico com varias dicas para crescimento do cabelo!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)