tudo sobre o blog

Olá, e sejam bem-vindas ao blog Salão Virtual, o lugar que fala tudo sobre o acessório que mais amamos, nosso cabelo.

Aqui você vai encontrar tutoriais, dicas, truques e conselhos de beleza que vão te ajudar a amar ou amar ainda mais os seus cabelos. O Salão Virtual posta conteúdos inéditos diariamente para te inspirar e te divertir com seu lindo cabelo, seja ele loiro, comprido, escuro, curto, claro, pintado, não importa, você vai saber de tudo que e bom e esta na moda!

Você vai conhecer sobre cabelos em todos os lugares do site – penteados para festa, tendências, estilos, produtos, tratamentos, cuidados e o que as famosas e celebridades fazem para esbanjar lindos cabelos e muito mais – com postagens em textos, imagens, passo-a-passos, podendo até receber infográficos especiais que vão simplificar a sua vida e te deixar ainda mais bonita.

Veja também a nossa área especial de Cabelos Masculinos, para você rapaz que está procurando novos estilos para conquistar ”aquela” garota ou ser cobiçado na balada e para você, menina, que tem uma namorado cujo cabelo parece mais um ninho de pombo do que qualquer outra coisa!

Agora vejamos um pouco da historia do que torna nossos cabelos glamourosos, a historia do penteado!

O penteado se refere a estilização que se dá ao cabelo, especialmente desde o couro cabeludo. Brincar de pentear com seus cabelos e cultural e popular na maior parte do mundo e desde os primórdios da humanidade. Existem indícios datados de 30 mil anos atras de que as mulheres já faziam tranças nos cabelos, por exemplo.

Nas civilizações mais antigas, era comum que as mulheres mais abastadas se vestissem cuidadosamente e usassem penteados chamativos e elaborados. Na Roma Antiga, principalmente, isto se dava, porque era costume entre as mulheres deixar o cabelo crescer durante a vida toda, costume este que se estendeu até a Idade Media. Na época do Império Romano e até o século XVI, no mundo ocidental, as mulheres começaram a usar penteados ornamentados com acessórios e também a fazer cabelos trancados que deixavam o rosto mais a mostra. Os homens, por sua vez, usavam seus cabelos picados no máximo até a altura do ombro, algo que mudou no início do seculo XVII, quando passou a ser desejável pelos homens ter cabelos longos ondulados e cacheados, coisa que alguns só conseguiam com perucas.

A peruca no homem foi inaugurada pelo Rei da Franca Luis XIII, em 1624, e a partir dai passou a ser moda na Europa até meados do século XVIII quando, para os homens, passou a ser moda o cabelo mais curto, fruto do movimento neoclássico. A partir do século XIX, passaram a ser tendência para os homens também a barba e o cavanhaque, coisa que se nota até os dias de hoje.

Nesta mesma época, passava a ser popular na Europa o penteado Pouf, muito parecido com o atual colmeia, concomitantemente os ornamentos – grandes chapéus, lenços etc. – foram perdendo espaço e o cabelo das mulheres voltando a ser mais visível e personalizável. Em meados do século XX, as mulheres passaram a optar por cortes mais curtos, simples e fáceis de se fazer, de forma que nos anos 1950 a maior parte das mulheres usavam cabelos ondulados ou cacheadas nos mais variados estilos mas principalmente curtos. Já nos anos 1960, as mulheres adotaram cortes mais modernos mas ainda curtos, como o Pixie, enquanto nos anos 1970 passou-se o contrário, adotaram-se estilos de cabelo mais longos e bagunçados. Vale destacar, entretanto, que entre essas décadas muitos homens e mulheres fugiam um pouco dessas tendencias e optavam por manter cabelos muito longos e lisos. A partir dos anos 1980, as mulheres começaram a usar rabos de cavalo feitos usando qualquer coisa para prender os cabelos e também nesse período surgiram os penteados punks, como o moicano, que foi adotado tanto por homens quanto por mulheres.

Hoje, as mulheres e os homens pode escolher estilos e penteados de todas as épocas, pois a contemporaneidade e marcada por aceitar tudo aquilo que satisfaz as pessoas, mas vale destacar que muitos daqueles que optam por se estilizar de maneiras que fujam do padrão natural para cada sexo – homens com cabelo curto, mulheres com cabelo mais comprido – podem sofrer as mais variadas formas de discriminação, desde constrangimentos diretos ate preconceito velado, em que são olhados de maneira ”torta”.

A estética do penteado também leva em conta inúmeros fatores, desde os atributos da pessoa – não há como um careca querer fazer topete ou uma mulher usando Joãozinho usar rabo de cavalo – ate os aspectos culturais que ela segue – religião, por exemplo. Os atributos da pessoa incluem o padrão de crescimento do cabelo, o formato do rosto e da cabeça e o ângulo de que se olha e também as proporções corporais, podendo também ser consideradas informações médicas, já que ha pessoas que não podem usar determinados produtos. Muitas destas informações vocês vão encontrar diariamente aqui no nosso Salão Virtual, determinando o seu estilo sem você sair de casa! Aproveitem e é um prazer tê-los aqui em nosso espaço!