Alisamento Japonês: Saiba Quanto Custa, Como Fazer E O Que Usar!

Quer ter cabelos tão lisos que até refletem a luz, igual propaganda de TV? É fazendo o alisamento japonês ou escova definitiva que se consegue esse resultado! Quer saber o que é, quanto custa e como faz esse tratamento? Leia a matéria até o final!


Das técnicas de alisamento de cabelos existentes, uma das mais caras é o alisamento japonês. Mas afinal que tipo de procedimento é esse? De origem turca, mas desenvolvido pelo japonês Satoru Nagata em Nova York, o alisamento japonês é uma espécie de escova definitiva que deixa o cabelo tão liso a ponto de dispensar o uso de secadores e chapinhas.

O procedimento, é claro, não é dos mais baratos e leva um bom tempo na cadeira do cabeleireiro, em torno de 5 horas mais ou menos, mas o resultado compensa muito para quem quer ter um cabelo liso e brilhante. Confira agora como funciona essa técnica para tirar todas as suas dúvidas:

guia definitivo sobre alisamento japones
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Alisamento japonês – saiba como conseguir esse resultado!

Como é feito o alisamento japonês?

Com diversas etapas, o procedimento é mais seguro se realizado com um profissional capacitado, por isso, cuidado ao fazer algum passo a passo caseiro sozinho!

Uma das primeiras coisas para fazer o alisamento japonês é saber se o seu cabelo tem estrutura e força para receber um tratamento químico desse tipo. Desse modo, o mais recomendado é que o alisamento seja feito em cabelos naturais ou com baixo teor de oxidação, isto é, que não tenha sido utilizado no cabelo água oxigenada acima de 20 volumes ou que tenha sido submetido a outros processos de alisamento, pois isso deixa a fibra capilar muito fragilizada.

Caso o seu cabelo não se encaixe nas condições acima, você tá liberadx pra fazer. O próximo passo é repartir o cabelo em mechas uniformes e ir aplicando o alisante conforme as instruções da embalagem.

A recomendação é que o produto seja colocado 2 centímetros longe da raiz. Depois dessa etapa, os fios são enluvados e ficam descansando por cinco minutos antes de serem enxaguados. Alguns profissionais de beleza mais sofisticados utilizam, inclusive, um acelerador químico para potencializar o efeito do alisante.

Em alguns casos, o cabeleireiro pode fazer um teste de elasticidade para saber como os fios estão reagindo e, em seguida, o cabelo é bem enxaguado para retirar todo o produto. Após finalizado o enxague, o cabelo é dividido novamente para a aplicação da queratina. Algumas vezes essa etapa é realizada durante o enxague, mas isso vai depender do produto que o seu cabeleireiro estiver usando, ok? Logo após isso, é feita uma escovação para secar o cabelo e depois é passada a prancha para alinhar os fios.

E o procedimento ainda não acabou. Quando o cabelo estiver seco e pranchado, é aplicado um neutralizante nos fios que deverá agir por cerca de 10 minutos para novamente o cabelo ser enxaguado.

Há quem repita esse processo umas duas vezes, mas isso também vai depender dos produtos que o seu cabeleireiro estiver usando. Após essa etapa, uma máscara hidratante é aplicada para selar as fibras capilares, nutrir o cabelo e recuperar o seu pH natural. A máscara deve agir por uns 30 minutos. Depois disso, as madeixas são lavadas novamente e finalizadas com uma escova. Confira algumas fotos com resultados antes e depois:

alisamento japones e bom e funciona
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Alisamento japonês – resultados antes e depois muito bons
antes e depois de alisar o cabelo com quimica
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Antes e depois de alisar e de lavar o cabelo que já tinha química
resultado de alisamento japones no cabelo pintado
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Antes e depois em cabelos pintados
resultado de cabelo alisado com a tecnica japonesa para homens
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Antes e depois do alisamento para homens
resultado de alisamento japones no cabelo de homem
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Antes e depois no cabelo masculino

Ficou na curiosidade? Veja esse vídeo com resenha da escova japonesa Japan Hair:

Diferença entre alisamento japonês e escova progressiva

Em primeiro lugar, insta apontar que esses dois tratamentos tem uma grande diferença em se tratando do preço, sendo o alisamento japonês, em regra, muito mais caro.

Outra coisa é o tempo que você fica fazendo o tratamento. Enquanto para fazer o alisamento japonês num salão você pode perder a manhã ou a tarde inteira, a progressiva dura de uma a duas horas e meia, ou seja, é bem mais rápida.

Vale a pena dizer também que os produtos usados são diferentes e que o resultado do alisamento japonês é único, ou seja, você fez e tem aquele efeito e pronto, enquanto na escova progressiva, como o nome mesmo diz, o resultado pode ser progressivo, ou seja, quanto mais vezes você faz, a tendência é que você tenha um resultado cada vez mais consolidado.

Finalizando, como eu disse, as químicas usadas são diferentes, sendo a da escova definitiva ou japonesa muito mais forte, tendo como base o tioglicolato de amônia, que pode alterar a estrutura dos fios, enquanto a escova progressiva costuma ter formol, queratina e/ou silicone, apenas reduzindo o volume e selando a química nos fios, deixando-os mais lisos e sem modificar sua estrutura.

escova progressiva dura pouco tempo
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Antes e depois de fazer progressiva – resultado bom mas que dura menos
resultado de escova progressiva em cabelo crespo
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Antes e depois de fazer progressiva no cabelo crespo

Cuidados pós-alisamento

Não lave o cabelo antes de 72 horas e utilize produtos hidratantes para repor nutrientes.

Quando o cabelo é submetido a esse procedimento, ele não deve ser lavado antes de 72 horas, nem preso ou colocado atrás das orelhas para não o marcar. Também deve-se tomar cuidado para não deixar suar o couro cabeludo durante esse tempo e acabar estragando todo o processo.

Além de todas essas recomendações, é necessário utilizar produtos à base de queratina e colágeno para repor os nutrientes e proporcionar resistência e luminosidade ao cabelo. Por isso, logo na primeira lavagem após o alisamento, o recomendado é voltar ao salão para que os fios recebam uma recarga de hidratação profunda.

Mas mesmo assim, achamos alguns produtos que são ótimos para cuidar dos cabelos após o alisamento, confira:

  1. L’Oréal Professionnel Absolut Repair Pós-Química Multi-Reconstrutor Intensivo: Essa máscara capilar da L’Oréal foi desenvolvida para repor os nutrientes químicos perdidos em processos químicos como alisamentos. Além de proporcionar reconstrução e hidratar, a máscara fortalece a fibra capilar, combate as pontas duplas, proporcionando um movimento natural.
  2. Shampoo e Condicionador Professionnel Absolut Repair Pós-Química: Para acompanhar a máscara capilar, a L’Oréal também disponibiliza o shampoo e condicionador da mesma linha. Os produtos foram desenvolvidos para reconstruir a fibra do cabelo causadas por químicas decorrentes de relaxamento e progressivas. Proporciona brilho e maciez, além de diminuir a quebra dos fios e as pontas duplas.
  3. Ykas Fabulous Hair All in One Máscara Leave-in: Esse leave-in da Ykas foi desenvolvido com filtro solar UVA e UVB que protegem o cabelo dos danos nocivos do sol. Além disso, tem ação reparadora com agentes hidratantes que combatem fios ressecados e danificados, melhorando a textura e a maleabilidade dos cabelos.
linha completa de tratamento pos alisamento japones
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Linha completa Absolut Repair Pós-Química
ykas fabulous all in one pos alisamento
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
Produto Ykas para pós-alisamento – blogueira famosa aprova

Quanto tempo dura e quanto custa o alisamento japonês?

Um alisamento caro, mas com um resultado de cabelo liso e bonito para toda vida.

Agora você deve estar se perguntando quanto deve custar um procedimento desse tipo, não é mesmo? Bem, o preço de um alisamento japonês vai depender do tamanho, estrutura e espessura do cabelo, mas pode variar em torno de 600 a 2000 mil reais.

É claro que o valor é uma estimativa, uma vez que isso vai depender do custo da mão de obra, dos produtos utilizados e de outros fatores econômicos. Mas na minha opinião, além das químicas, que no caso de alisamentos são um mal necessário, a maior desvantagem do alisamento japonês é o preço mesmo, um dos mais caros.

Mas não se preocupe muito com o valor, porque esse é um investimento a longo prazo, uma vez que esse processo só será repetido quando o cabelo crescer, sendo aplicado apenas na raiz para retocar. Assim você economizará tempo e dinheiro, pois não precisará passar mais pela rotina de um salão para ficar com cabelo bem alinhado e bonito. O tempo de duração pode variar entre 6 e 12 meses, dependendo do crescimento do seu cabelo e de vantagem você ainda terá madeixas sedosas e brilhantes como um espelho.

Outro cuidado que você deve ter é escolher um bom profissional para realizar esse procedimento, pois alisamentos não podem ser feitos por amadores que não são qualificados – se for pra ver com quem não sabe, a gente aprende sozinha fazendo em casa, né? Por isso, tenha muito cuidado para não se submeter a processos perigosos com produtos desconhecidos e de onde você não sabe a procedência, ok?

Nossa! Agora você descobriu porque um alisamento japonês é mais caro e leva tanto tempo no salão, não é mesmo? Ficou interessada em fazer um alisamento desse tipo? Conhece outro procedimento com o mesmo efeito? Compartilha aqui com a gente!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘
4 Comentários

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest