30 Babylights: Antes E Depois, Como Fazer, Passo-a-passo, Fotos, Vídeo


Saiba o que são as babylights e como fazer!

Babylights
Diferença entre ombré hair e babylight

O maior desejo das mulheres que possuem fios em tons escuros é o de iluminar o visual de maneira natural sem deixar marcações. Muitas tendências são criadas para suprir esse desejo e logo os salões se enchem de clientes atrás dos cabelos tão sonhados.

Uma técnica que tem chamado a atenção são as babylights, que prometem um efeito iluminado nos fios de forma sutil e bem natural. Essa tendência já foi aderida por famosas e garante um cabelo digno de capa de revista.

Se interessou? A seguir você vai saber mais sobre as babylights e como são feitas.

O que são as ”luzes de bebê”?

As babylights têm esse nome porque prometem aquele efeito de mechas clarinhas dos fios de bebês. Nessa técnica são feitas diversas mechas finas por todo o cabelo de um a dois tons mais claros do que a base natural dos fios.

A diferença para outras técnicas como as californianas é que as babylights partem da raiz, criando um efeito natural como se os reflexos luminosos fossem do próprio cabelo. Isso ajuda a disfarçar os cabelos brancos e ilumina o rosto.

Para fazer as babylights é necessário descolorir as mechas dando um espaçamento de até três dedos entre elas. A descoloração deve ser feita com um oxidante mais fraco, para que o tom não abra tanto.

A intenção principal dessa técnica é garantir um efeito muito sutil e muito natural. Quanto menos marcadas as mechas ficarem, mais sucesso a técnica alcança. É por isso, inclusive, que esse tipo de mecha é mesclada muito bem com a raiz de modo a evitar uma transição indesejável por ser muito marcada e destacada.

Tipos de cabelo com babylight
Antes e depois de fazer mecha
Antes e depois de iluminar
Madeixas com babylights
Babylight nos fios escuros
Visual de bebê que esse tipo de iluminação imita
Dão um efeito discreto
Eva Green adota

Dá para fazer em qualquer cabelo?

As babylights podem SIM ser feitas em todos os tipos de cabelos e cores, já que é uma técnica versátil que pode valorizar todas as mulheres.

Para não errar no visual o importante é acertar no tom das mechas, que não podem ficar marcadas ou o efeito vai ficar artificial. Independentemente do tom de base do seu cabelo é importante ter em mente que as babylights não têm o objetivo de mudar radicalmente a cor dos fios ou levar a uma iluminação muito intensa.

Ao contrário, essa técnica busca clarear os fios dentro da própria matriz de cores da base, o que é responsável pelo efeito realmente natural.

Abaixo você vai conferir os tons mais indicados para cabelo:

  • Loiro
  • Moreno
  • Ruivo

Loiras

As loiras que desejam aderir às babylights podem apostar nos tons como loiro claro ou platinado, dependendo do seu tom natural. Essa técnica potencializa o loiro e traz um efeito mais natural com nuances mais claras.

As donas de fios loiros escuros devem apostar nos tons de loiro mais claro, como o loiro dourado, mas fugindo do platinado. Uma boa opção é apostar nas mechas douradas, já que elas oferecem iluminação sem gerar um contraste excessivo. Além disso, é um tom frequentemente encontrado no cabelo de bebês mais novos, o que se alinha com a ideia da técnica.

Loiras
No cabelo com luzes loiras

Morenas

Já as morenas devem ter cuidado na hora de escolher o tom das mechas. O cabelo castanho claro combina com mechas em tons de louro escuro, enquanto o cabelo castanho escuro combina com mechas de tons de castanho claro e mel.

Quem tem os fios bem escuros, pode apostar nos tons de chocolate, que aquecem o visual deixando-o incrível. Os tons amadeirados também ficam lindos.

No castanho escuro
Madeixas castanhas escuras
No castanho claro
Da Megan Fox
Em cabelo castanho
Em castanho escuro

Ruivas

As ruivas também podem ser adeptas das babylights e encontram nessa técnica mais profundidade dos fios, além de um tom super natural.

O tom indicado para as donas de fios ruivos alaranjados é o loiro dourado ou caramelo. Já as ruivas de tom mais fechado podem optar pelas mechas marrom acobreadas. Porém, ruivas de tom muito avermelhado não são muito indicadas para a técnica, já que o efeito natural dificilmente pode ser obtido.

Nos ruivos
Em ruiva famosa

Boa opção para retocar as californianas

As mechas californianas também fazem muito sucesso entre as mulheres e são as preferidas nos salões pela baixa manutenção. As californianas se diferem das babylights por serem feitas abaixo da raiz, deixando a base do cabelo mais escura e somente as pontas mais claras.

Com o tempo a maioria pode se sentir incomodada depois de o cabelo crescer e ficar uma grande parte dos fios de uma cor mais escura e as pontas bem mais claras. Nesse caso, você pode apostar nas babylights como forma de retocar as californianas sem danificar a parte que já está descolorida e, portanto, mais fragilizada dos fios.

Californiana retocada com luzes baby
Californiana retocada com babylights

Assim, novas mechas são puxadas da raiz em um tom mais próximo da cor base e se mesclam com a parte já clara do cabelo. Isso garante um efeito natural e mais harmônico.

Ao mesmo tempo, esse tipo de retoque é responsável por dar uma iluminação a mais aos fios. Enquanto as californianas davam uma iluminação mais concentrada nas pontas, as babylights agem de forma a criar um cabelo mais iluminado como um todo.

Faça com um profissional

Não perca esse vídeo tutorial passo-a-passo profissional de como fazer luzes e mechas babylights:

Muitas mulheres sentem verdadeira aversão de salão e acabam convencendo-se que podem fazer técnicas como as babylights em casa somente através de um tutorial. Porém, para procedimentos que envolvem descoloração é de extrema importância ter a ajuda de um profissional, a menos que você já seja muito experiente.

Além de ele ter prática com descoloração, vai poder ajudar você a definir o melhor tom para suas mechas. Os produtos utilizados no salão também são diferentes dos encontrados na farmácia e fornecem um resultado muito mais bonito e não agridem tanto os fios.

Outra questão diz respeito à técnica em si. Como as mechas são muito finas e feitas de maneira aleatória, mas organizada, é o profissional quem tem a melhor visualização do seu cabelo como um todo. Ao fazer sozinha, você pode correr o risco de deixar as mechas muito próximas, muito afastadas ou grandes demais, modificando totalmente o efeito que era inicialmente esperado.

Então, atenção!

Por isso, antes de tentar economizar fazendo as babylights em casa, pense que o barato pode sair caro caso a cor não fique do jeito que você deseja. Nesses casos você terá que procurar um profissional para consertar o erro o que pode sair muito mais caro, além de danificar os seus fios.

As babylights são a mais nova tendência quando se fala em iluminação natural de cabelos. Imitando o visual dos fios mais claros de bebês mais jovens, é uma técnica que vem sendo cada vez mais popular e que se adapta a diferentes tons de cabelo e serve até mesmo como retoque de californianas. Seja como for, não abra mão de procurar um profissional para conseguir o resultado dos sonhos.

Só nas pontinhas
Gigi Hadid adora
Gisele usa babylights
Luzes de bebê
Luzes delicadas formam as babylights
Marrom acobreado
Nos fios marrons com efeito cobre
Platinado com essa técnica

Gostou das babylights? Já fez? Comente!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)