TOP 20 Cabelos Anos 70: Imagens, Tutoriais, Dicas, Videos!


Cada época tem seu estilo, e como se esquecer dos cabelos anos 70, não dá!. E quem não quer estar bem pertinho dos mais atuais?

Cabelos femininos anos 1970
Cabelos masculinos dos anos 1970

– É claro que a gente quer.

Mas, pera aí! Os hairstyles (penteados) atuais estão se baseando nos tempos antigos? Será que tô na moda ou fora dela? Moderna ou ultrapassada?

– Amiga, nem te estressa, pois até mesmo os cabelos dos anos 70 estão ressurgindo. Andando nas cabeças criando novos looks.

Não acredita? Então confere aqui os tipos de cabelos anos 70 e veja se por aí não se vê ainda muita gente com a cabeça feita por esta década. O que acontece é que a moda acaba pegando emprestado alguma coisa do passado.

Cabelos anos 70 – símbolo de diversidade

Os anos 70 ficaram conhecidos por marcarem a diversidade e a individualidade. Características que acabaram por definir tanto roupas, quanto cabelos. A diferença ganhou valor. Isto quer dizer que a década de 70 foi um período de múltiplos costumes.

No comecinho prevaleceu a moda final da década anterior, que foi a moda Hippie. Quem é da época, vai relembrar. O hippie invadiu o início dos anos 70. Logo a seguir vieram novos estilos.

Inclusive o popularíssimo e irreverente Black Power. Mas não parou por aí porque o final foi marcado pelo Punk.

Acompanhe agora este vídeo tutorial passo-a-passo de como fazer efeito ondulado estilo anos 70 nos cabelos:

O Hippie – paz e amor

Acabou 1970, mas o movimento hippie não acabou. Continuou compondo o jeitinho manso, irreverente e incontestável dos cachos. As características do hippie todo mundo conhece: cabelos longos, meio que desgrenhados, em camadas.

Era o visual da galera. Roupas coloridas, corte de cabelo repicado e bagunçado, penas, fitas, tiaras ou headbands compunham o visual hippie. O prático deste estilo é que alguns utilizavam a maneira mais básica de fazer os penteados. Ou seja, usavam o cabelo solto e seco. O jeito de fazer era o mais simples: lavar as madeixas e deixar secar.

Claudia Leitte fantasiada de hippie
Estilo hippie com headband
Lenços ou headband

Veja também este vídeo ensinando a usar os headbands:

Black power

O Black Power que Sandra de Sá só cantou em 2001 como sarará crioulo, começou nos cabelos anos 70. Atualmente está de volta sob o codinome cabelos afro. Possui características únicas. O cabelo é mantido no estilo original, sem alisamentos, conservando seu crespo natural.

Nos anos 70 foi usado por muita gente. Invadiu a moda, a TV, a música e popularizou-se. Na época, era usado um pente em forma de garfo, para eriçar mais os cabelos e desembaraçá-los.
O estilo voltou. E para quem gosta e quer adotar a moda aqui vão alguns conselhos e ideias.

Para assumir de vez o Black Power pondo abaixo a tão falada “ditadura dos lisos”, você deve:

  • Adotar um corte que tire aos poucos todo vestígio dos alisamentos. O corte reto é ideal para cabelos afro. Cortes desfiados estão fora de questão, não causam um visual bonito nos cabelos afro.
  • O segredo da beleza afro/black power é saber escolher o tipo de corte. Sendo assim, escolha um corte que se alinhe com o seu rosto. Pode ser arredondado, pode ser um corte triangular ou quadrado o importante é que harmonize com o seu rosto. As opções na hora do corte são várias. Você pode deixar a nuca batida, a frente mais alta ou as laterais mais alongadas.
  • Outro ponto relevante na hora do corte é escolher o tamanho. Tudo vai depender do que faz você se sentir mais bonita. A escolha é sua. Pode ser um cabelo mais cheinho ou mais ralo. Pode ser bem curto a seu estilo ou com volume e bem estiloso.
  • Para mantê-los bonitos, e isso é essencial, aposte bem fundo nas hidratações. O cabelo “black” ou “black power” ou “afro”, exige fios tratados e super hidratados. Uma dica que dá certo é você hidratar de 15 em 15 dias.
  • Outra dica é não deixar de usar leave-in nos cabelos molhados. Os spray de brilho, silicone, mousse e pomadas, também são excelentes aliados.
  • Na hora de lavar, cuide para que o shampoo seja específico para cabelos étnicos. Tem muitos à sua escolha. O condicionamento é indispensável, necessário mesmo. Uma boa sugestão é optar por produtos com manteiga de Karité ou lanolina.
  • Ao secar você decide: secando normalmente o cabelo fica menos volumoso. Caso queira com mais volume, use ativador de cachos ou difusor. Não esqueça de usar finalizador.
  • Para pentear prefira pentes de dentes largos. Eles ajudam a formar os fios.
  • Aí depois, é só curtir com seus cabelos anos 70 black power/afro e curtir 2017 de cara nova.
Afro power
Black power feminino
Black power frisado

As madeixas da Pantera

Os cabelos anos 70 também viveram a performance da pantera Farrah Fawcett, que foi tendencia nos cabelos anos 80 também. O penteado muito bem modelado, mas ao mesmo tempo desalinhado e meio selvagem da atriz no seriado “As Panteras”, também teve seu lugar na era de 70. O segredo para este tipo de cabelo é deixar o cabelo crescer e cuidar bem dos cachos. Para ficar como o da atriz é preciso modelá-los com a escova.

Farrah Fawcett – penteado retro
A pantera

Franjas de 1970

As franjas também marcaram presença nos anos 70. Influência da moda hippie, elas estavam nas roupas, nas bolsas e também nos cabelos masculinos e femininos. O corte com franja reta ficou bem popular na época. A franja vinha até os olhos, à altura das sobrancelhas.

As franjas de hoje se inspiram em 70

Quem quer adotar as franjas atualmente, pode perfeitamente inspirar-se nas que fizeram sucesso nos anos 70. Nada deixam a desejar. As opções são muitas. E como franja está sempre na moda, nada impede que você adote a que mais te convier ou a que melhor ficar em seu rosto.

Franjinha com headband ou sem – estilo vintage
Franja retro

Franja longa, meia lua, reta ou curta, caindo sobre os olhos ou de lado, o mais importante é você ficar bela e charmosa.

A era Disco – solte suas feras, caia na gandaia, entre nessa festa…

Este era o convite das Frenéticas, grupo musical que no Brasil fazia sucesso em 70. Então solte também seus cabelos e entre na Era Disco. O auge das discotecas. Época marcadíssima pelos Embalos de sábado à noite, com John Travolta e no Brasil por Dancing Days, com Sônia Braga. Rolou muito penteado charmoso e cabeleira legal.

Para quem nunca ouviu falar, foi um período de 70 entre o hippie e o punk, que se caracterizou pela moda das calças boca de sino, pantalonas, sapatos plataforma e as populares discotecas.

Para entrar na dança valia de tudo. Desde os black power, passando pelos hippies, até os cabelos ao estilo Farrah Fawcett – panteríssima. O comum entre eles era o volume e a rebeldia. A boa pedida era adotar um destes penteados, se encher de brilhos e acessórios, partir para as pistas de dança e se divertir.

John Travolta – ícone da Era Disco
Masculino – John Travolta

Moda punk da época

O punk foi um movimento cultural em oposição às condições sociais e políticas dos anos 70. Manifestavam seu repúdio através do rock (punk rock), das roupas e acessórios, mas também através dos penteados. Cabelos coloridos e espetados, à moda moicano eram adotados pelos adeptos.

Os fios eram tingidos de rosa, verde ou vermelho. Para mantê-los para o alto utilizavam gel, sprays e até gelatina, cola e água. Também costumavam raspar as laterais dos cabelos, deixando apenas a mecha alta, eriçada e imponente no meio.

O corte de cabelo moicano adotado pelos punks tinha relação com os índios moicanos que preferiam a morte à serem subjugados pelos brancos. Nos punks estes penteados gritavam não ao sistema de governo. Seu lema era: “É preferível a morte do que viver como fantoche”.

O objetivo era chocar, contradizer, impactar. Com seus piercings e penteados, os punks deixaram sua marca na moda. Hoje em dia, os rastros dos punk compõem a moda gótica. É o estilo punk em cabeças e perfis mais modernos.

Estilo rock
Cabelo rock
Corte de cabelo punk
Estilo punk da década de 1970

Outros estilos do momento

As tranças faziam sucesso na década de 70. Muitas mulheres usavam e abusavam delas, compondo um visual angelical e charmoso.

Outra tendência da época eram os cabelos frisados. Era muito comum conseguir o efeito frisado fazendo pequeninas tranças em todo o cabelo. Ao soltar obtinha-se aquele look frisadinho, os fios ficam cheios de ondinhas. Mas, os salões de cabelereiro possuíam um aparelhinho próprio para frisar os cabelos.

E é isso gente, “Debaixo dos caracóis dos cabelos dos anos 70 tem muiiiita história pra contar”.

Frisados com chapinha
Tranças anos 1970

Se você conhece mais alguma conte pra nós, rs.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)