Como Cuidar Dos Cabelos Oleosos: Finos, No Inverno, Com Caspa!


O cabelo é uma das partes mais importantes do corpo da mulher, ele é capaz de definir a auto estima, fazer com que a mulher se sinta melhor, mais bonita ou até menos, não muito bem, dependendo do dia, já que bad hair days são MUITO comuns! E hoje vamos falar daqueles dias em que o cabelo tá só o sebo e vamos dar dicas de como cuidar dos cabelos oleosos!

Como cuidar dos cabelos oleosos – lavagem reversa é a dica

As madeixas tem várias características próprias que variam de pessoa para pessoa. Essas características são definidas principalmente pelo DNA, por isso que traços dos pais e avós são mantidos.

São diversas classificações que os cabelos podem ter, que são denominadas de tipos de cabelos e eles podem ser:

Classificados por tipo (formato) de fio:

  • lisos
  • cacheados
  • ondulados
  • encaracolados

Classificados pela textura do fio:

  • grosso
  • fino

Classificados pelo tipo (característica) do fio:

  • normais
  • secos
  • oleosos
  • mistos
Cabelos oleosos – aprenda como resolver

Cada tipo, composto por todas essas variáveis tem suas particularidades e devem ser tratados de acordo com isso.

Se o seu cabelo for oleoso, esse texto é para você! Mas antes de tudo, veja se seu problema é esse aqui: cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas.

Veja como cuidar dos fios para evitar a oleosidade em excesso e controlá-la no dia-a-dia. Nossas dicas servem pra cabelo masculino e feminino.

Será que meu cabelo é oleoso?

Antes das dicas é importante conhecer esse tipo de cabelo, pois ele possui algumas características específicas, os cabelos oleosos geralmente:

  1. são gordurosos,
  2. são pesados,
  3. são finos,
  4. ficam sem volume (sem movimento),
  5. causam aspecto de sujo,
  6. ao final de um dia ficam mais grudados na cabeça,
  7. podem ter caspa,
  8. o excesso de oleosidade também pode gerar queda de cabelo.
Aprenda como reduzir a oleosidade do seu cabelo

Os cabelos oleosos possuem uma produção maior de gordura pelas glândulas sebáceas, essa produção se dá por fatores genéticos mas também podem sofrer um aumento quando elas entram em quadro de hiperatividade, isso se da quando há algum tipo de disfunção hormonal e/ou endócrina ou até mesmo por situações de estresse.

Para tratar esse problema, que na verdade não é um problema, mas sim uma característica, existem formas mais caseiras, que são facilmente seguidas no dia-a-dia como também é possível encontrar as opções mais especializadas, em consultórios de dermatologia ou clínicas especializadas em tratamentos capilares.

Saiba agora o que fazer com cabelo oleoso com dicas rápidas, baratas e que funcionam:

Limpeza

Fator fundamental para a conservação do cabelo sem a oleosidade. Ela deve ser feita diariamente e com muito cuidado, para manter o bom funcionamento das glândulas sebáceas, que fazem o controle da oleosidade, isso pode ser feito usando os produtos adequados, a temperatura da água ideal – EVITE ÁGUA MUITO QUENTE -, etc. No inverno, talvez não seja necessário lavar o cabelo todo dia, até porque se você fizer isso pode acabar forçando seu couro cabeludo a produzir mais oleosidade ainda.

Limpe corretamente seus fios

Use produtos ideais

Existem muito produtos específicos para os cabelos oleosos, entre eles, estão uma gama de shampoos pra cabelo oleoso, que sim, fazem toda a diferença na hora de lavar os cabelos, como por exemplo os shampoos adstringentes e os antirresíduos (mais detalhes abaixo) e ainda há opções de esfoliantes capilares.

Produtos bons e que funcionam pra cabelo oleoso

Água na temperatura certa

Parece bobeira mas não é! Ao lavar os cabelos, o ideal é não usar água com temperatura elevada. Muita gente pode se perguntar “mas água quente ajuda a ressecar o cabelo, então ele fica menos oleoso”, pois é, isso está ERRADO!

No primeiro momento realmente a água ressecará e dará a ideia de cabelo mais seco, porém, esse processo é entendido pelas glândulas sebáceas da seguinte forma: o cabelo está ficando seco, é hora de produzir mais gordura para equilibrar! É ai que mora o perigo, as glândulas entendem que devem produzir mais óleo e com isso você fica com couro cabeludo oleoso e cabelos também.

Por isso, procure lavar seus cabelos com água fria ou morna. Sei que no inverno pode ser difícil, mas aproveite que você vai lavar o cabelo menos vezes, e lave ele com água fria no inverno!

Lave os cabelos com água morna ou fria

Cuidado com o secador

Usar o secador ou outro tipo de aparelho que emita calor (como chapinhas – veja aqui se chapinha estraga os cabelos -e pranchas), pode ajudar na produção acelerada de gordura, isso acontece pelo mesmo motivo citado acima, da água quente. Por isso, ao usar esses aparelhos prefira deixá-los longe do couro cabeludo.

Atenção ao uso do secador, muito pode atrapalhar na oleosidade

Quanto mais solto melhor

Evite o usos de bonés, boinas, toucas, chapéus, lenços e tudo o que “abafe” o couro cabeludo, ele precisa respirar, dando mais ventilação para os fios. Cabelos sempre presos tendem também a sofrer com mais queda!

Cabelos soltos tendem a ser menos oleosos

Mãos longe do cabelo

Passar as mãos no cabelo toda hora, massagear o couro cabeludo e até mesmo escovar muitas vezes são hábitos que estimulam a produção de oleosidade no cabelo, por isso, evite!

Procure não viver passando a mão no cabelo – as impurezas da sua pele vão pros cabelos

Usando cremes

Quando se usa cremes hidratantes, como condicionadores, máscaras hidratantes e outros produtos que você queira usar para hidratação, deve-se ter muita atenção na aplicação, pois o creme deve ser aplicado da metade do cabelo para baixo, nunca na raiz, pois passar esses produtos no couro cabeludo estimulará a produção de gordura.

Dicas para cuidar de madeixa oleosa

Falando dos produtinhos aliados para a manutenção do cabelo oleoso, é possível encontrar muitas opções:

Shampoos próprios pra cabelo oleoso

Esses shampoos específicos fazem toda a diferença, eles devem ser usados todos os dias, pois tem propriedades que vão controlar a produção da gordura, geralmente tem componentes mais refrescantes (chá verde, gengibre, hortelã, etc.) que com suas propriedades ajudam a manter o aspecto do cabelo bonito e leve pelo dia todo.

Adstringentes

Eles lavam os fios sem fazer nenhum tipo de hidratação, por isso, a limpeza é mais eficaz e os fios não ficam com o aspecto de sujo por muito mais tempo do que se usasse o shampoo comum. Por serem shampoos mais fortes e a maioria ter um custo maior também, o ideal é intercalar com o shampoo citado acima, próprio para o cabelo oleoso. Esse xampu também é bom pra eliminar caspa, mas usá-lo muito causar problemas, então, se seu problema for caspa, use um shampoo anti-caspa.

Shampoo adstringente

Antirresíduos

Esse tipo de shampoo não pode ser usado com frequência, o ideal é que o uso seja feito a cada 15 dias ou no máximo 1 vez por semana, para realizar uma limpeza mais profunda dos fios, pois o antirresíduo tem componentes mais fortes que atuam por todo o fio, fazendo com que eles fiquem mais ressecados e até com aspecto de duro no momento do uso.

Anti-resíduo e limpeza profunda para cabelos oleosos

Xampu seco

Um aliado para todas as horas, parceiro mesmo. O uso dele não pode ser diário, pois seu objetivo é realmente salvar a vida e não criar uma rotina de uso. O shampoo a seco é aquele shampoo ideal para levar na bolsa no dia de um happy hour ou uma festinha pós expediente, só para dar “aquele tapa” no visual.

O mais importante de tudo é não ter neura e assumir que o seu cabelo é como é. Fazendo uma boa limpeza e tendo os cuidados diários necessários, os fios se manterão com uma boa aparência por mais tempo. E claro, sempre bom ter produtinhos específicos no armário, pois usar os produtos errados só piora a situação, ok?

Shampoo seco

Pra finalizar, veja esse segredo: como acabar com a oleosidade do cabelo:

E então, curtiu nossas dicas para saber como cuidar dos cabelos oleosos? Comente!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)